Matérias Recentes

Erros em hospitais: a cada 5 minutos, 3 brasileiros morrem

Erros em hospitais: No Brasil são 829 óbitos por dia  

Erros em hospitais: a cada 5 minutos, 3 brasileiros morrem

Perder um pessoas queridas por causa de erros em hospitais é mais comum do que você imagina. por Angela Oliveira

O Brasil é uma país classificado como em desenvolvimento, tendo ainda muita coisa para aprimorar para dar uma melhor qualidade de vida para seus habitantes. Um desses aspectos é a qualidade da saúde, seja ela pública ou privada. Claro que existem os hospitais de ponta, disponíveis para uma pequena parcela da população, mas erros ainda acontecem.

 Participe desse momento histórico:
Pesquisa histórica sobre a situação dos ACS/ACE no país

A revista da Faculdade de Medicina da Universidade de Minas Gerais (UFMG) aponta o número alarmante de mortes por causa de erros em hospitais do Brasil. São três mortes a cada 5 minutos. Isso dá mais do que a somatória das mortes por acidentes de trânsito, homicídios, latrocínio e câncer somados.

Os eventos adversos, de acordo com a Revista da Associação Médica Brasileira, “definidos como complicações indesejadas decorrentes do cuidado prestado aos pacientes, não atribuídas à evolução natural da doença de base”. Ou seja, são complicações que surgem não por causa da doença, mas por fatores como uso de equipamentos ou técnicas inadequadas, superdoses, erros nos medicamentos e afins.

↪️ VÍDEO EM DESTAQUE:  


👉VÍDEO - Ministério da Saúde diz que 11 estados poderão ter surto de dengue em 2020. Veja o vídeo direto no Youtube!

Para a Revista da UFMG, “não significa, necessariamente, que houve um erro, negligência ou baixa qualidade, mas trata-se de incidente que poderia ter sido evitado, na maior parte das vezes”. Para a Revista a Associação Médica, existem alguns fatores que acabam favorecendo os eventos adversos:

Idade do paciente;
Gravidade do quadro clínico;
Comorbidades;
Cuidados prestados;
Fragmentação do atendimento;
Inexperiência e sobrecarga;
Comunicação ineficiente;
Novas tecnologias;
Urgências.
O estudo
O estudo foi realizado pela equipe da UFMG, em parceria com o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), com base no Anuário da Segurança Assistencial Hospitalar no Brasil. Nele, foram analisados dados relevantes sobre a mortalidade em hospitais, chegado a resultados realmente preocupantes.

Um ponto extremamente positivo do estudo é que nunca se teve nenhum tipo de coleta similar, trazendo à luz dados importantes para a melhoria da qualidade da saúde no Brasil. Por mais que sejam pontos com os quais se preocupar, devem ser colhidos e discutidos, para que assim se possa implementar medidas corretivas adequadas.

 Não deixe de Ler:
88% apoiam demissão de servidores com mau desempenho, aponta Datafolha
Leishmaniose visceral avança para regiões urbanas do Brasil

Medicamento para tratar asma alérgica grave será ofertado no SUS
Pagamento das estratégias da APS será por CNES e INE 
Mais uma Prefeitura garante o Repasse do Incentivo Adicional (14º) aos ACS/ACE
PESQUISA: A maior da História dos ACS/ACE. Ela revelará a realidade da categoria!
VIOLÊNCIA - Pesquisadora faz alerta: ACS/ACE correm sérios riscos durante o trabalho
O insolucionável mistério da física: por que os gatos caem sempre de pé?

O estudo afirma que a própria Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece o evento adverso como possível. Nos EUA, são cerca de 1.096 óbitos por dia enquanto no Brasil, são 829. Porém, há uma diferença brutal para a análise desses dados: a população estadunidense é 55,6% maior que a brasileira. Ou seja, a quantidade de mortes por habitantes aqui é muito maior.

Além dos óbitos, há também os que sofrem eventos adversos e conseguem uma recuperação, levando porém três vezes mais tempo do que o que era previsto para a doença pela qual deu entrada no hospital. Isso reduz a produtividade e qualidade de vida do paciente e sobrecarrega o sistema de saúde.

Outro ponto importante a se pensar sobre os erros em hospitais é a perda financeira. De acordo com o estudo, “além das vidas perdidas os eventos adversos consumiram R$ 10,9 bilhões de recursos que poderiam ter sido melhor aplicados, apenas na saúde suplementar brasileira”. Isso sem contar com os gastos pelo SUS, não contabilizados na pesquisa.

Entre o público mais afetado pelos eventos adversos, estão os recém nascidos, com menos de 28 dias e os idosos, com mais de 60 anos. As principais causas registradas são:

Infecções hospitalares;
Lesões por pressão;
Infecção urinária;
Infecção do local da cirurgia;
Fraturas ou lesões resultantes de quedas no hospital;
Trombose venal profunda;
Embolia pulmonar;
Infecções em geral.


↪️ +VÍDEO EM DESTAQUE:  

👉VÍDEO -  Mais uma Prefeitura garante o Repasse do Incentivo Adicional (14º) aos ACS/ACE.  Veja o vídeo direto no Youtube!


👉VÍDEO - Não Faça a Limpeza ou Desintoxicação do Fígado! Veja o vídeo direto no Youtube!


👉VÍDEO - Revelações surpreendentes sobre o Consumo da Carne Vermelha! Veja o vídeo direto no Youtube!

Veja também:
Pesquisa revela um drama muito maior sobre a falta de garantia de direitos dos ACS/ACE
Pauta da Federalização entra na maior Pesquisa de toda a história dos ACS/ACE
Portaria garante mais 1.088 novos ACS's, além de 19.638 novas equipes no SUS
Ministério da Saúde diz que 11 estados poderão ter surto de dengue em 2020
Benefícios: cerca de 1.846 ACS/ACE farão progressão e terão outros benefícios
Requerimento para obtenção da indenização de despesas com locomoção - ACS/ACE 
ACE: PQA-VS - Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde
Requerimento da solicitação do Reajuste do Piso, Indenização de Transporte 
Coletânea de Leis e textos que auxiliam o setor jurídico sobre os direitos da categoria 


Fonte:  www.dicasonline.com / Publicado no Sou +Saúde  em 24/01/2020.


Envie informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Editorial.

https://lh3.googleusercontent.com/-15TawoL0n0U/UPBtbni031I/AAAAAAAAHbw/K2NBNp4QKoM/s675/facebook-comments.gif






Erros em hospitais: a cada 5 minutos, 3 brasileiros morrem Erros em hospitais: a cada 5 minutos, 3 brasileiros morrem Reviewed by Adm on janeiro 24, 2020 Rating: 5

Nenhum comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();

Piso Nacional

Tecnologia do Blogger.